Ana Cândida Carvalho
Ana Cândida Nunes Carvalho começou a fotografar na era das câmeras analógicas, sem a mínima consciência de uma possível razão transcendental para tal ato. Nas visitas ao interior ou nas viagens familiares, o olhar sensibilizado pela pureza dos momentos lúdicos ainda não conhecia plenamente todas as suas possibilidades. É legítimo afirmar que ela sempre exercitou a capacidade de capturar imagens decodificando-as em sentimentos ou sensações. Mas foi através dos estudos de psicologia e psicanálise que ela finalmente foi capaz de transformar a fotografia em expressão da sua própria alma.
 
dEsEnrEdoS está indexada em:

  Site Map